Ir para a página inicial de segurança Digital

A ProdexTec comercializa esses produtos na Espanha e em Portugal para evitar o grave problema do roubo deste metal, que se tornou uma grande preocupação para as empresas e governos, economizando tempo e dinheiro.

De simples roubos de fios de cobre em sistemas de aquecimento, ventilação e ar condicionado em telhados, danos substanciais e perda de renda em subestações de energia, cobre continua sendo um dos itens mais cobiçados para roubar qualquer lugar que você está devido ao seu alto preço.

Entre as instalações mais afetadas por esse tipo de roubo estão subestações elétricas, que, além das perdas deste metal caro, eles também enfrentam as consequências deste, como o custo do dano causado, reparos ou tempo de inatividade.

Uma grande empresa de energia localizada no Centro-Oeste dos Estados Unidos decidiu instalar uma solução de segurança confiável e eficaz para suas subestações. Esta solução teve que resolver problemas como as extensas áreas a serem protegidas, alterações nas condições do site, impossibilidade de cavar valas e localizações remotas desses locais.

As barreiras infravermelhas SL-350QFRi OPTEX, marca comercializada por ProdexTec em Espanha e Portugal, foram escolhidos para proteger as cercas do perímetro e portões automáticos das subestações elétricas da empresa. Sendo alimentado por bateria, não havia necessidade de trincheira ou fios leigos.

Escolas e institutos também não foram livres de roubos de cobre. Quando um da escola do condado de DeKalb, na Geórgia (EE. UU.), sofreu um deles que afetou seus sistemas de aquecimento, ar condicionado e ventilação, decidiu proteger seus telhados e pátios.

Para fazer isso, recorreu à instalação de detectores infravermelhos, cobrindo todos os pontos de acesso ao telhado. Esta solução abordou o problema do roubo de cobre, e a vigilância do local responde rapidamente antes que qualquer dano ocorra.

Outro lugar onde ocorre roubo de cobre é em prédios. O sequestro deste material é feito durante o horário de trabalho, com roubos que vão de tubos e fios, mesmo ferramentas manuais e máquinas de alta resistência.

Quando os trabalhadores chegam no dia seguinte, descobrem que não podem trabalhar sem seus utensílios, então você tem que pagar pela compra de novos materiais e ferramentas, além do dia de inatividade no trabalho.

Para evitar essa situação, um empreiteiro com sede no Novo México implantou uma solução sem fio e flexível com a qual ele poderia monitorar continuamente construções sem ter que trincheirar ao redor do perímetro.

Uma combinação de barreiras de luz e detectores infravermelhos foram instalados em postes de aço separados com placas-mãe e implantados em todas as áreas de trabalho.


Seja sociável, Ação!

Gostou deste artigo?

Assine nossa Feed RSS e em se perderá nada.

Outros artigos sobre ,
Por • 11 Fevereiro, 2020
• Seção: Estudos de caso, Detecção, Intrusão, Segurança Urbana, Serviços