Ir para a página inicial de segurança Digital

Conectividade de M2M da Gemalto especialista em sistemas de segurança, em conjunto com modems Duodigit, Desenvolvedor de tecnologia biométrica, é usado para uma solução inovadora de Internet das coisas, para monitorar o oceano dinâmico, que ele já tem implantado no porto do Açu do Rio de Janeiro, Atualmente o maior da América do Sul.

Porto do Brasil

A multinacional Gemalto, representado na Espanha, Portugal e Chile por Anatronic, preveja a conectividade M2M para uma solução inovadora da Internet das coisas (Internet das coisas – Muito), com o sistema de informações em tempo real terremoto e módulos Cinterion M2M para monitorar as ondas, correntes, profundidade, temperatura e salinidade do oceano nos principais portos brasileiros.

Desenvolvido pelo consultor Oceanográfico HidroMares, Esta solução que monitora o oceano dinâmico otimiza a segurança da navegação, a eficiência do tráfego marítimo e a produtividade dos portos do Brasil, que já aplicou no porto do Açu do Rio de Janeiro, localizado próximo a plataforma de petróleo na bacia de Campos e a maior atualmente na América do Sul.

Gemalto CinterionTerremoto de sistema de telemetria beneficiar de conjuntos de dados de Duodigit, especialista em tecnologia biométrico, para coletar dados de sensores implantados sobre as bóias, as molas e o fuzileiro andar dos portos brasileiros.

Estes modems usam Gemalto Cinterion M2M com módulos de Java para processar e enviar informações através de redes sem fio e a Internet para um servidor back-end. Trabalhadores nos portos têm uma intuitiva interface intuitiva (GUI) e pode usar esses dados para fornecer a velocidade e a eficiência na tomada de decisão e, portanto, aumentar a segurança do tráfego marítimo.

Assim, explica Alexandre De Caroli, Diretor técnico da HidroMares: "a amostragem de dados oceanográficos é realizada em um ambiente extremamente hostil., exigindo a durabilidade dos componentes durante os processos de instalação e manutenção. Transmissão em tempo real requer um sistema robusto que funciona de forma confiável a 365 dias do ano. "Duodigit e Gemalto têm colaborado para fornecer uma solução que supera esses requisitos rigorosos".

Gemalto Cinterion AnatronicPrecisamente, a dificuldade do ambiente para realizar comunicações fiáveis e eficazes com o porto marítimo tem sido um dos desafios neste projeto. Correia Luis Henrique Bernardes, Diretor técnico da Duodigit, "tinha que projetar uma solução económica que garantir a comunicação e o módulo Java incorporado da Gemalto oferece a durabilidade necessária", juntamente com o poder de processamento para analisar e armazenar as informações no dispositivo. Esta solução permite uma comunicação eficiente quando você precisa, "algo essencial para preservar a bateria em um ambiente como do porto".

Por sua parte, Rodrigo Serna, Presidente para América Latina da Gemalto, Ele acrescenta que "otimizar a logística da cadeia de abastecimento e melhorar a produtividade dos sistemas de distribuição é essencial em qualquer aspecto da economia global e reduz o impacto ambiental. Soluções como o HidroMares, com a colaboração da Duodigit, Eles ajudam a aumentar a eficiência da logística marítima na América do Sul".


Seja sociável, Ação!

Gostou deste artigo?

Assine nossa Feed RSS e em se perderá nada.

Outros artigos sobre , , , ,
Por • 22 Julho, 2015
• Seção: Estudos de caso, Comunicações, Sistemas de controle, Detecção, Infra-estrutura, Serviços