Ir para a página inicial de segurança Digital

A empresa de tecnologia internacional espanhol Indra fornecerá experiência em protecção de infra-estruturas no domínio da I D nShield, em sete países da UE que participam, e que se destina a melhorar as condições de segurança da próxima geração de sistemas embarcados para garantir a confiabilidade, Segurança e privacidade dos dados sensíveis e aplicações críticas.

Indra colabora no projeto nSHIELD, cujo objetivo é facilitar a utilização generalizada de tecnologia em condições seguras dentro de sistemas críticos incorporada. nSHIELD é uma iniciativa da r & d, promovido e financiado pela União Europeia no âmbito do 7º programa-quadro, que tem um orçamento de 13 milhões de euros e tem com um prazo de execução de três anos. Nele envolvidos, Além de Espanha, outros países europeus como a Itália, Grécia, Noruega, Hungria, Suécia e Eslovénia. nSHIELD irá estabelecer uma arquitetura de referência que permite a composição dinâmica e inteligente de dispositivos heterogêneos e serviços para aplicações de segurança. Também, tornará possível o surgimento de uma nova geração de sistemas embarcados, enriquecida com características de segurança inovadora. Também, facilitar um quadro semântico para adaptar automaticamente os recursos de confiabilidade e segurança em domínios diferentes.

NSHIELD visa criar uma plataforma padrão para aplicação em sistemas embarcados ou incorporados que garantem a segurança e a fiabilidade das comunicações e transmissões ao mesmo tempo que respeita a privacidade dos usuários. Esses sistemas incorporados são aplicativos de computação, uso comum na vida cotidiana, projetado para atender às necessidades específicas do usuário e integrado a outros sistemas de controle geral. Os navegadores GPS em um veículo, informações dos sistemas de trens ou aviões, taxímetros, sistemas de controle de acesso, a eletrônica que controla as máquinas de vending ou sistemas que gerenciam a operação de processos industriais seriam exemplos deste tipo de aplicações.

Com o projeto nSHIELD é conseguido reduzir os desafios de segurança que envolve o uso destes sistemas, especialmente em produtos complexos e infraestrutura crítica. nSHIELD fornecerá um quadro seguro para a informação contida pelos aplicativos incorporados e informações transmitidos através de redes privadas e internet. Para esta, a proposta inclui o desenvolvimento de novas tecnologias SPD (Segurança, Privacidade & Dependabilidade) Ele permite para fazer avançar o desenvolvimento e a reutilização dos actuais sistemas embarcados, melhorar essas capacidades e enriquecendo-as com uma maior disposição de integração em outros sistemas. Também, Esta característica irá minimizar os custos e reduzir o tempo de design do aplicativo integrado.

A plataforma resultante pode ser usada em vários cenários da vida cotidiana, Embora inicialmente será testada naqueles estrada de ferro de sectores e de aviação, no campo social em situações relacionadas com a mobilidade e as redes, e essas tecnologias com base no reconhecimento facial e de voz. Em um avião ou de comboio, por exemplo, a solução irá fornecer para todo o sistema de segurança com condições apenas, iludindo a falhas e oferecendo uma proteção contra possíveis ataques executados por agentes maliciosos. A solução irá criar um quadro de comunicação segura entre os sensores e as unidades de controle, evitando qualquer possível manipulação por hackers. Através de uma aplicação global e abrangente, nSHIELD estabelece um ambiente seguro que garante a confidencialidade e privacidade em todo o sistema.

Comunicações seguras

Indra é responsável por garantir que a comunicação através de sistemas de redes sem fio são conectividade segura e confiável. Entre outras possibilidades, Graças à tecnologia da empresa aplicações embarcadas poderá '' detectar intrusos ou usuários mal-intencionados no sistema, encontrar a forma de seguro para eles comunicações entre roteadores ou autenticar a recursos da rede sem ter que usar uma entidade central de certificação baseado é apenas no indivíduo de certificações. A multinacional tecnológica, também, responsável pela exploração do produto escolhido para cenários de validação.

Recentemente, nSHIELD alcançou a segunda etapa do projeto, Depois de ter feito público-arquitetura de referência e os requisitos necessários durante a revisão anual que se realiza em Roma no último mês de outubro.

O projeto faz parte da plataforma tecnológica europeia ARTEMIS, que tem como objetivo reunir os principais atores no campo dos sistemas informáticos incorporados, cobrindo os diferentes sectores industriais, através da 17 empresas que compõem esta iniciativa. Uma de suas principais tarefas foi definida uma Agenda Estratégica de investigação comum, como uma referência dentro do domínio de sistemas embarcados, para incentivar os investimentos das partes interessadas deste campo.

Os parceiros do projecto

O nSHIELD o consórcio conta com a participação de sete países da União Europeia (Itália, Espanha, Grécia, Hungria, Eslovênia, Noruega, Suécia) e é formado pelas empresas, universidades e centros de pesquisa. Os parceiros são: SELEX Galileo, Ansaldo STS, Tecnologias de acorde, ISI / ATHENA, SELEX Elsag, Fundação de pesquisas Tecnalia & Inovação, IPS Sistemi Programmabili-Eurotech segurança, Indústria aeroespacial helênica, Indra Software Labs, Desenvolvimento de sistemas integrados, Movation AS, Universidade de Mondragó, Alfatroll, PESQUISA-LABORATÓRIO, SESM scarl, Instituto Sueco de informática, T2 Dados AB, Telcred, THYIA, Universidade Técnica de Creta e nas universidades de Genova, Udina e Roma (La Sapienza).


Seja sociável, Ação!

Gostou deste artigo?

Assine nossa Feed RSS e em se perderá nada.

Outros artigos sobre
Por • 27 Novembro, 2012
• Seção: Negócio, Redes, Computer Security